Comunicado

Prezados Pais e Responsáveis,


A nossa escola foi toda preparada para acolher com segurança as famílias que desejam retornar às atividades presenciais, contudo fomos surpreendidos com o deferimento de tutela de urgência nos autos da Ação Civil Pública Cível nº 0000601-86.2020.5.10.006 ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho do Distrito Federal.

A decisão proferida no dia 26, por volta das 15h atendeu parcialmente o pleito do Ministério Público do Trabalho para adiar o retorno das aulas presenciais da rede privada de ensino por mais dez dias. A tutela deferida não retirou o poder de decisão e de condução do Governo do Distrito Federal nas políticas públicas de enfrentamento à pandemia, contudo já houve pronunciamento por parte do Governo de que não haverá insurgência imediata à decisão.

Por mais que estejamos preparados e ávidos por retornar às atividades presenciais, uma decisão judicial determina que o retorno só acontecerá após o transcurso de dez dias. Nesse contexto, resta-nos acatar a decisão judicial e manter as atividades exclusivamente mediadas por tecnologia nos próximos dias.

Tão logo tenhamos a chancela das autoridades para retornar às atividades presenciais, abriremos nossos portões com muita alegria, segurança e carinho para acolher as crianças que são a verdadeira razão do nosso trabalho e nos fazem crer num futuro melhor.

Recebemos a notícia de maneira inesperada, contudo estamos preparados e envidando todos os esforços para oferecermos atividades mediadas por tecnologia pensadas para possibilitar o desenvolvimento motor e cognitivo das crianças nesse período que requer nossa especial atenção.

Registramos aqui os nossos sinceros votos de que todos se mantenham em segurança para que possamos retornar às atividades presenciais. Estamos ao inteiro dispor para prestar os esclarecimentos que se revelem necessários e para apoiar as famílias diante de alguma situação que requeira especial atenção.