Conheça formas lúdicas de ensinar inglês às crianças



Quando a descoberta de uma nova língua acontece com contexto e interação é mais interessante à criança. Construir conhecimento por meio de atividades práticas e divertidas são mais eficientes para a aprendizagem. Assim, aprender inglês brincando e com a ajuda de toques lúdicos é muito produtivo.


O blog Novos Alunos, do Grupo SEB (Sistema Educacional Brasileiro), explica que outro benefício de ensinar inglês logo cedo para os filhos é que as crianças têm mais facilidade em aprender coisas novas — como mais de uma língua.


Que tal contribuir para o futuro de seus filhos, estimulando-os a dominar a língua inglesa? Abaixo, confira uma seleção de dicas simples de como aprender inglês brincando!


A música é um dos recursos mais usados


O neuropsicólogo Álvaro Bilbao recomenda: “se querem ter filhos (mais) inteligentes, tirem o iPad e deem a eles um instrumento musical”.


A música é um importante instrumento de ensino. Não à toa, é bastante utilizada na Educação Infantil, sendo uma das maneiras mais procuradas pelos professores para engajar seus alunos a construírem, juntos, conhecimentos diversos. Para o inglês, não é diferente, e a família pode aproveitar esse recurso em casa.

Se seu filho é pequeno, aposte em músicas infantis em inglês e cantigas divertidas, até mesmo aquelas que estão presentes nos desenhos que as crianças adoram. Nos anos seguintes, é hora de escutar as preferências dos filhos e começar a acompanhar quais cantores ou artistas têm estilos que os interessam.

Enfim, existem muitas opções, que atendem aos mais diversos estilos e fases. A música, por si só, já é um ótimo estímulo na língua inglesa que favorece a habilidade de compreensão e a familiarização com pronúncia e vocabulário. No entanto, ela pode ser utilizada de outras maneiras para ensinar o inglês:

  • mostre as letras e ensine algumas palavras;

  • explique a tradução de trechos;

  • aborde as diferenças de pronúncia.

Nessa hora, os musicais e os filmes infantis também são grandes aliados. Clássicos como “O Rei Leão” e “Frozen”, em inglês, vão ajudar muito na divertida tarefa de incorporar o inglês na rotina das crianças.


Com os filmes, fica fácil aprender inglês brincando


Clássicos como “O Rei Leão” e “Frozen”, em inglês, vão ajudar muito na divertida tarefa de incorporar a língua

Como falamos, existe outra ótima maneira de aprender inglês brincando. Essa vale também para os adultos que desejam treinar a língua, melhorar o vocabulário ou a capacidade de compreensão: assistir a filmes (e séries).

Nessa hora, vale dispensar as dublagens. Já que a ideia é assimilar a língua inglesa, é necessário um pouco de esforço. Vale lembrar que sair da zona de conforto não é algo impossível para as crianças. É natural dessa fase gostar de desafios.

Sem contar que as informações visuais e até mesmo o conhecimento prévio da história ajudam os pequenos a depreenderem o significado das palavras por meio do contexto, assim como acontece quando os bebês adquirem sua língua materna. Para ajudar nessa contextualização, vale assistir uma vez antes em português.

Depois proponha que, entre os desenhos educativos, filmes ou séries, alguns sejam em inglês. Gradualmente, amplie o volume de exposição da língua inglesa na vida da criança. Mas esse é um exercício que requer a sua participação ativa ou de outro adulto.


Em todas as etapas do aprendizado, é essencial uma supervisão. Ou seja, ficar por perto, ajudar na compreensão de frases e contextos, assim como mostrar a grafia de algumas palavras e treinar a pronúncia são atitudes que podem ajudar muito.


Os jogos eletrônicos podem atrair a atenção


Sem exageros: o uso excessivo dos dispositivos eletrônicos pode comprometer a visão de crianças e jovens


Todas as atividades podem ser adaptadas para que a criança aprenda inglês. Com o uso da tecnologia não é diferente. Existem várias ferramentas digitais que contribuem para o aprendizado da língua inglesa por meio de brincadeiras, como é o caso de jogos eletrônicos.


O auxílio da tecnologia para o aprendizado é muito significativo e ainda faz com que a atividade seja mais leve e atraente. É preciso lembrar que a fluência depende, também, da prática — e os métodos interativos estão entre os que entregam melhores resultados.

Mas é sempre bom lembrar que o uso do celular pelas crianças, da internet ou mesmo de gadgets deve acontecer sempre com o acompanhamento dos pais ou responsáveis. Por isso, escolha com cuidado os jogos que podem contribuir melhor para essa etapa, que é pura construção de conhecimento.


Uma escola bilíngue de qualidade e com um sistema de ensino que valoriza as particularidades dos pequenos estudantes faz muita diferença. Porém, dentro de casa, também dá para ajudar as crianças a aprenderem o segundo idioma usando estratégias lúdicas e motivadoras.