Os benefício das atividades extracurriculares nas escolas


Quando falamos em escola, logo pensamos em um ensino tradicional. Porém, para o desenvolvimento integral dos alunos o processo de aprendizagem ultrapassa as salas de aula através de atividades extracurriculares.


Sabe por quê? Além da base sólida de conhecimento que é adquirido nas disciplinas teóricas, é fundamental oferecer outros tipos de dinâmicas que irão ajudar a desenvolver habilidades cognitivas, emocionais e afetivas dos estudantes.


Incentivar a prática de atividades extracurriculares beneficia a formação do indivíduo, seja na vida pessoal, profissional e principalmente, acadêmica.


Quer saber como as atividades extracurriculares podem impactar no aprendizado dos alunos? Continue lendo o artigo e conheça os benefícios em implementar essas ações no ambiente escolar.

Boa leitura!

O QUE SÃO ATIVIDADES EXTRACURRICULARES?

As atividades extracurriculares são formadas por um conjunto de cursos, oficinas e aulas não previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e são oferecidas pelas escolas com o objetivo de ampliar a formação dos alunos.


Cada uma das atividades extracurriculares permite que o estudante tenha experiências inovadoras com as práticas interdisciplinares em que mais se identificam

.

Essas atividades favorecem o desenvolvimento de habilidades que pode ajudar na formação acadêmica e em muitos casos, contribuir para o enriquecimento de uma futura experiência profissional no competitivo mercado de trabalho.


Mas afinal, quais os tipos de atividades seu filho poderia fazer?

ATIVIDADES EXTRACURRICULARES MAIS COMUNS OFERECIDAS PELAS ESCOLAS

A grande maioria das instituições de ensino elaboram uma programação com algumas atividades extracurriculares para os alunos, desde o ensino infantil até o ensino médio.

Veja a seguir os exemplos mais comuns de atividades que abrangem diferentes áreas do conhecimento:

👉 Ballet;

👉 Xadrez;

👉 Atividades esportivas, como: vôlei, futebol, natação e artes marciais, por exemplo;

👉 Aulas de Música;

👉 Cursos profissionalizantes, como Informática;

👉 Desenho e pintura;

👉 Robótica;

👉 Teatro

👉 Curso de língua estrangeira, entre muitas outras opções existentes.

Em geral, as práticas são escolhidas pelos alunos de acordo com as aptidões e interesse de cada um.


Além de serem prazerosas, as atividades extracurriculares trabalham aspectos fundamentais para a construção de valores, como autonomia, trabalho em equipe, responsabilidade e empatia.

CARACTERÍSTICAS DE CADA MODALIDADE DAS ATIVIDADES EXTRACURRICULARES

Incentivar a prática de atividades extracurriculares é importante para os alunos entrarem em contato com novas culturas e experiências.


ESPORTES

Praticar esportes e atividades físicas faz bem para pessoas de qualquer idade. Para as crianças, é ainda essencial para o desenvolvimento da coordenação motora e psicológica.

Isso porque, crianças mais sedentárias e tímidas começam a se tornarem ativas e comunicativas, relacionando-se com maior facilidade com as demais.


O ideal para aquelas que já são mais agitadas seria optar por um esporte que estimula o autocontrole e a busca por desafiar seus próprios limites, com respeito e disciplina.


OFICINAS ARTÍSTICAS

As oficinas artísticas são capazes de fazer com que as crianças expressem seus sentimento e emoções com mais facilidade, florescendo a criatividade e o pensamento crítico.


Outras habilidades que podem ser facilmente desenvolvidas são a concentração, improvisação, dicção e conexão visual com o mundo e suas referências.

INOVAÇÃO E TECNOLOGIA

Já os meios tecnológicos são indicados para crianças que se interessam vertentes mais avançadas, que exijam concentração e raciocínio lógico.

SOCIABILIZAÇÃO

Agora, as práticas sociais desenvolvem fatores humanos como solidariedade, respeito e amor ao próximo, e ainda, senso de colaboração.


Sendo assim, todas as atividades que abrangem o lado social de alguma forma auxiliam no desenvolvimento pessoal do indivíduo e futuramente, em entrevista de emprego na área de atuação desejada.

NOVOS IDIOMAS

Uma forma eficaz de desenvolver o conhecimento dos estudantes na infância, é aprender um novo idioma.


Isso porque, ter um segundo idioma agrega no futuro profissional do indivíduo, diante um mercado cada vez mais exigente por profissionais qualificados e completos.


Outro fato interessante é que na infância, o conhecimento é absorvido de forma rápida e efetiva.

CURSOS E GRUPOS DE ESTUDO

Estudos em grupo, favorecem o aperfeiçoamento da fala e escuta por meio de debates e discussões. Assim, o aluno aprende a viver em sociedade, expor sua opinião e respeitar as diferentes dele.

BENEFÍCIOS DAS ATIVIDADES EXTRACURRICULARES

Falar sobre o processo de aprendizagem é lembrar que o ensino pode ir além das salas de aula.


Os benefícios de atividades extracurriculares na vida de crianças e adolescentes são:

  • Desenvolvimento cognitivo, motor e socioafetivo dos indivíduos;

  • Reconhece talento para outras atividades;

  • Promove a saúde física dos estudantes;

  • Ensina sobre regras e disciplina;

  • Desperta a criatividade;

  • Favorece o aprendizado dentro e fora das salas de aula;

  • Ensina sobre gestão do tempo;

  • Melhora significativamente a sociabilização das crianças.

Ter contato com outras fontes de conhecimento é necessário para a formação integral dos alunos, pois isso reflete positivamente para o progresso de adultos críticos, participativos e culturalmente desenvolvidos.

COMO ESCOLHER A ATIVIDADE EXTRACURRICULAR MAIS ADEQUADA PARA O SEU FILHO?

Como vimos anteriormente, existem inúmeras de atividades extracurriculares para escolher a melhor que se encaixa no perfil e desejo de cada aluno. E para atingir sucesso nos resultados, é preciso que o indivíduo esteja engajado.


O objetivo não é ocupar o tempo dos estudantes com exercícios que venham a cansá-los no final do dia, mas sim, de ajudá-lo a expandir seus conhecimentos por meio de ferramentas lúdicas que os tornem indivíduos que se movimentam, que pensam e que expressam emoções.

POR QUE AS ESCOLAS PRECISAM TER VÁRIAS OPÇÕES?

É preciso entender que a programação de atividades extracurriculares deve complementar os conteúdos apresentados pelas disciplinas previstas na política educacional da instituição de ensino.


Além de que, isso deve se estender com o conhecimento que é recebido em casa.

Para isso, os alunos precisam descobrir com quais atividades extracurriculares mais se identificam.


Portanto, a escola deve oferecer uma variedade com diferentes objetivos para que cada aluno possa explorar suas aptidões conforme sua personalidade.


Quanto mais diversificada a programação, maiores serão as chances do estudante construir o próprio valor e prosperar sua trajetória de vida.


Contudo, a participação dos alunos nas atividades extracurriculares permite que ele passe mais horas na escola, de maneira produtiva e estimulante para seu crescimento saudável.

Gostou do conteúdo? Acompanhe nosso blog e fique por dentro de todos as informações sobre o universo da educação!